posts

digestão e equilíbrio

Por Carolina Borghetti

Ilustrações: Rodrigo Maciel

Gheranda Samhita, texto clássico do Hatha Yoga, prescreve uma lavagem do tubo digestivo que se chama shankprakshalana (Shanka = concha; prakshalana = limpeza).

Shankprakshalana faz parte das técnicas do Shatkarma (shat = seis; karma = processo), prática iogue para a purificação do corpo. São eles: neti (purificação das viasaéreas); nauli (massagem abdominal); basti (limpeza do cólon); kapalabhati (purificação do lobo cerebral frontal); trataka (estimulação da musculatura dos olhos); e dauthi (limpeza do trato intestinal), sendo shankprankshalana parte do último. Consiste em beber água salgada e executar uma determinada sequênciade asanas, para estimular a passagem de água pelo tubo digestivo.

A técnica requer conhecimento e prática, a fim de não trazer prejuízos à saúde. Entretanto, há uma variação simplificada da técnica, chamada laghoo shankprakshalana, acessível a todos e com os mesmos benefícios: a estimulação do peristaltismo, a limpeza de todo o trato intestinal e a tonificação das paredes intestinais.

A boa manutenção dasfunções intestinais garante boa saúde geral e bem-estar.

É indicado praticar shankprakshalana apenas quatro vezes ao ano, por ser uma técnica bastante eficaz; e a troca das estações é a ocasião mais indicada para a sua execução. Já a prática de laghoo shankprankshalana pode ser executada regularmente.

Execuçãode laghoo prankshalana

Na noite anterior à prática a alimentação deve ser líquida (sopas e sucos).

Pela manhã, em jejum, tome um copo de água morna salgada (para 250 g de água, uma colher de chá de sal). Éi mportante que o copo de água seja ingerido rapidamente. Em seguida, execute aseguinte sequência de posturas:

 

Tadasana

De pé, estenda os braços acima da cabeça, dedos das mãos entrelaçados, palmas das mãos em direção ao teto. Inspire alongando todo o corpo até ficar na ponta dospés; expire trazendo de volta as solas dos pés ao solo e relaxando levemente oalongamento dos braços. Realize oito movimentos em dez segundos.

Tiryakatadasana

De pé, os pés um pouco mais afastados do que a linha dos quadris, estenda os braços acima da cabeça, com os dedos das mãos entrelaçados e palmas das mãos para cima. Com o abdome e o assoalho pélvico contraídos, mantenha os ombros afastados das orelhas. Incline o tórax na diagonal para os dois lados alternada e dinamicamente (iniciando a inclinação para o lado direito), sem parar. Faça um total de quatro inclinações para cada um dos lados. O tempo total deste exercício é, em média, dez segundos. Este movimento age sobre o piloro (constrição musculosa na porção terminal do estômago) levando a água em direção ao duodeno e intestino delgado.

Katichakrasana

Aindana mesma posição em pé, estenda o braço direito na horizontal e dobre o braço esquerdo, também horizontalmente, de modo que os dedos polegar e indicador toquem a clavícula direita. Sem mexer o quadril, faça uma rotação com o tronco para a direita, levando o braço direito o mais longe possível. A cabeça acompanha o movimento, mantenha os olhos fixos na mão direita. Dinamicamente, faça o mesmo para o lado esquerdo, alternando a posição dos braços. Faça quatro movimentos para cada um dos lados, em dez segundos. Este movimento fará a água progredir pelo intestino delgado.

Tiryaka Bhujangasana

Inicie colocando-se em quatro apoios, mãos nalinha dos ombros, dedos dos pés em contato com o solo, deixe o quadril relaxarem direção ao chão. Gire a cabeça e ombros alternadamente olhando por cima decada ombro até ver o pé do lado oposto. Execute quatro movimentos para cada um dos lados, em quinze segundos. Com este exercício, a água chegará ao fim dointestino delgado.

Udarakarshanasana

Sente-se com a perna esquerda estirada, direita  flexionada, com o pé direito ao lado da coxa esquerda um pouco acima da linha do joelho esquerdo. apoie a mão direita trás do quadril e, com a mão esquerda, comprima a coxa direita contra o baixo ventre. Alterne entre os lados e repita dinamicamente quatro movimentos para cada um dos lados. Tempo de execução, quinze segundos. Este movimento conduz a água através do cólon.

Repita todo o procedimentomais duas vezes em sequência, tomando um copo de água morna salgada antes de iniciar cada sequência dos asanas. Porém, caso sinta desconforto ao final do primeiro ciclo, não continue a prática. Ouça o seu corpo e não trabalhe além daquilo que lhe gera conforto.

Vá ao toilette ao final da prática completa, ou seja, depois de repetir por três vezes todo o procedimento. Reserve 15 minutos para relaxar em shavasana (postura do cadáver). Durante o dia em que a sequência é realizada, a alimentação deve ser leve e constituída de alimentos cozidos.

Laghoo sahnkprakshalana não deve ser executado por gestantes e portadores de patologias do trato digestivo (estômago ou intestinos).

A prática regular deste procedimento trará mais saúde ao aparelho digestivo. 

Carolina é psicóloga (2003), professora de Yoga (2008) e instrutora de Pilates (2010). Tem especialização em Psicologia da Saúde (2007) e Ciências da Saúde e do Desporto (2008). Dedica-se à prática de Yoga e ao estudo psicológico das atividades desportivas; tem grande apreço pelos benefícios globais consequentes de atividades físicas. Mais em: http://about.me/carolborghetti

Desenvolvido Por Agência D.Tavares. Todos os direitos reservados a AbertaMente. 2013